27/04/2016

Imóveis cada vez menores exigem soluções criativas dos profissionais de Design e Arquitetura

Space

Os apartamentos e a forma como as pessoas vivem têm mudado muito nos últimos anos. Os imóveis estão cada vez menores, ainda que as necessidades humanas continuem as mesmas: ter um espaço confortável, dormir bem e que seja possível receber a família e os amigos. Para isso, cada vez mais, as pessoas e os profissionais de design de interiores e arquitetos têm investido em móveis planejados, modulados e ainda em mobiliários funcionais (que exercem várias funções).

Com a disposição para espaços pequenos, a maioria das pessoas pensa em aplicar espelhos para ampliar o ambiente. Isso realmente funciona para quem gosta de espelhos, mas e quem não gosta? A alternativa é trabalhar com uma paleta de cores em harmonia monocromáticas (o famoso tom sobre tom). “As cores têm um poder enorme sobre os ambientes e o mesmo ocorre na iluminação. A cor certa e a luz adequada podem transformar qualquer espaço”, ressalta a coordenadora do Curso Técnico em Design de Interiores do Senac EAD, Ana Gilce Rodrigues Noronha. Para isso, ela indica a iluminação como forma de criar cenários, estimulando ambientes de trabalho ou de descanso.

Quando a ideia é fazer você mesmo algo para mudar a cara da sua casa, não é necessário desembolsar grandes quantias de dinheiro nem fazer muitas obras. Com a mudança de pequenos detalhes é possível mudar a cara de um ambiente. As dicas mais fáceis e rápidas são: tintas, papel de parede, adesivos, almofadas e cortinas e customização de móveis. Ana ressalta: “alterar a cor de uma parede ou mais, sempre vale à pena. Além de deixar a parede limpa e preservada, deixa o ambiente com uma vida nova. O papel de parede traz um resultado bonito e sem sujeira. Almofadas e cortinas são panos de fundo, com diferentes cores e estampas, dão cara nova ao ambiente. Adesivos são tendências dos últimos anos, tanto para paredes e móveis quanto para eletrodomésticos; enjoou, pode trocar! As pessoas também estão customizando móveis, por isso é importante ver com outros olhos aquele móvel velho da vovó. ”


Home office: uma nova realidade

Outra tendência que está se tornando cada vez mais comum são os home offices, ou seja, as pessoas estão trabalhando em casa. No entanto, como criar um espaço de trabalho dentro do lar? Ana explica que para criar um bom home office é preciso ter um ambiente adequado. Pode ser um escritório, quarto, varanda, algum local que esteja disponível para tornar-se um escritório e que não seja o espaço de descanso. “Crie o home office longe dos locais de descanso, isso trará a seriedade de que o espaço precisa. Afinal, estamos trabalhando em casa, mas estamos trabalhando”, afirma a professora. Ana Gilce destaca que o ambiente de home office deve ter uma bancada ou mesa espaçosa para receber computador, telefone e outros materiais de escritório, como papéis, canetas, cadernos e blocos de anotações. Importante também manter livros e revistas organizados em prateleiras e armários. Uma cadeira ergonômica e confortável é outro bom investimento.