26/09/2016

Senac participou como correalizador do evento e compartilhou seus conhecimentos com o público

Cerimônia de abertura do Ciaed

A cidade de Águas de Lindoia, no interior de São Paulo, serviu de palco para uma semana dedicada à troca de experiências, conhecimentos e reflexões sobre EAD. De 19 a 23 de setembro, diversas instituições, profissionais e pesquisadores do setor participaram do 22º Congresso Internacional Abed de Educação a Distância (Ciaed), organizado pela Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed).

Tema central da edição, O Contínuo Desafio de Aumentar a Qualidade na EAD foi explorado por meio de palestras, mesas-redondas, minicursos e apresentação de trabalhos científicos.

A preocupação com a qualidade da educação a distância vai de encontro ao momento de expansão que o setor vive no país. Segundo o Censo EAD.BR, divulgado durante o evento, mais de 5 milhões de pessoas estavam matriculadas em cursos a distância no Brasil em 2015, enquanto esse número chegava a 3,8 milhões em 2014. 

Ciaed _litto _lateral _220

Fredric Litto fala durante abertura do Ciaed

 
Além do contato com as experiências nacionais, os participantes ainda tiveram acesso a um panorama internacional do setor, traçado por profissionais da Austrália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Índia e Inglaterra. 


"Não tem área mais vibrante e com maiores possibilidades do que a educação a distância", disse Fredric Litto, presidente da Abed. "A EAD é uma possibilidade para quem busca novos métodos de aprendizagem, em um ambiente cujo ritmo não é ditado pelo professor, mas sim pelo próprio aluno. Além disso, o interessado em estudar a distância tem uma facilidade maior para testar sua zona de conforto com a modalidade, algo que seria mais complicado em um curso presencial", completou.


Senac no Ciaed

Correalizador do evento, o Senac esteve presente com uma extensa programação, na qual compartilhou suas realizações no universo de educação a distância em atividades comandadas por profissionais de diferentes áreas da instituição, como designers educacionais, coordenadores de curso, entre outros.

"Tivemos uma sala cheia e bastante engajada. Todos se mostraram impressionados com a qualidade do Senac e voltaram muito inspirados pelo nosso trabalho", disse Gustavo Kitagawa, responsável pela coordenação da equipe de desenvolvimento multimídia e audiovisual, sobre o minicurso Técnicas de Comunicação Aplicadas na Produção de Videoaulas, que encerrou a participação do Senac no evento na última sexta-feira.

Para Litto, o Senac atua como personagem de destaque na consolidação da educação a distância no país. "Sou um grande admirador do Senac pelas suas inovações no ensino e pela sua contribuição para a construção da sociedade brasileira, com seus milhões de alunos já formados ao longo de sua trajetória", afirmou.

Leia também: Censo sobre EAD aponta expansão do setor no Brasil