06/06/2018

pedagogia

O Centro Universitário Senac e a Universidade de Lisboa (ULisboa), por meio de seu Instituto de Educação, unem esforços para viabilizar intercâmbios acadêmicos e culturais. A parceria, vigente desde 2011, possibilita que ex-alunos de pós-graduação da área de educação do Senac EAD tenham a exclusiva oportunidade de obter aproveitamento de estudos em disciplinas específicas do Mestrado em Educação (a distância) oferecido pela instituição portuguesa. Até o momento, 34 alunos já foram beneficiados e cursaram a especialização strictu sensu.

Além da especialização pelo mestrado, outros canais de aprendizado são viabilizados pelas instituições de ensino, como por exemplos, as duas aulas abertas on-line, realizadas em 19 de abril e 3 de maio. Nessa ação, participantes prestigiaram, por meio de uma webconferência, aulas promovidas por pesquisadores da ULisboa.

A atividade privilegiou alunos e professores dos cursos de pós-graduação em Docência no Ensino Superior, em Docência no Ensino Técnico, em Design Instrucional, em Tecnologias na Aprendizagem, em Gestão Escolar, em Gestão Estratégica em Ensino a Distância e da Licenciatura em Pedagogia.

Angela Calil, professora e coordenadora da pós-graduação em Gestão Escolar do Senac EAD e responsável pela abertura da aula, afirma: “Essa parceria tem sido muito bem-sucedida e motivo de muita satisfação e orgulho para o Senac”.

A doutora em Ciências da Educação e professora da ULisboa Guilhermina Miranda apresentou, em 19 de abril, aos quase 100 participantes que “o mestrado em que mais temos alunos brasileiros é o Mestrado em Educação – educação e tecnologias digitais”.

O tema abordado pela professora foi Design Instrutivo e Tecnologia: contributos para a aprendizagem formal, essa foi uma oportunidade para os participantes entenderem melhor os tipos de conhecimento, assim como as formas e modelos de aprendizagem pela instrução, sendo instrutivistas, cognitivistas e construtivistas.

Já no dia 3 de maio, foi a vez dos professores João Piedade, doutor em Educação e Nuno Dorotea, dotutorando em Educação, ambos na especialidade de Tecnologia na Informação e Comunicação na Educação. O tema escolhido foi Programação e Robótica: novas linhas de investigação educacional. O público pode conhecer um projeto piloto, inciativa do Ministério da Educação de Portugal, cuja proposta foi Iniciação à Programação, realizado de 2015 a 2017. Foram envolvidos nesse projeto 753 escolas e mais de 72 mil alunos de ensino básico (1º ciclo).  “O projeto teve um sucesso tão grande que deixou de ser piloto e passou a abranger mais instituições. Agora são mais 352 escolas do 1º ao 3º ciclo, ou seja, do 1º ao 9º ano. O objetivo é que os alunos desenvolvam criatividade, colaboração e pensamento crítico.

Essas duas aulas foram gravadas e disponibilizadas aos convidados e aos que não puderam participar ao vivo.


Conheça todos os cursos da área de educação do Senac EAD.

Veja também os cursos de graduaçãoextensão e pós-graduação que o Senac oferece.